a-cabana2

“If God had a name what would it be? And would you call it to his face? If you were faced with Him in all His glory. What would you ask if you had just one question?” (Se Deus tivesse um nome, qual seria? E se você pudesse olhá-lo face a face? Se você encontrasse com ele em toda a Sua glória, O que você perguntaria se você tivesse apenas uma pergunta?) Assim começa a canção “One of us” (Um de nós) de Joan Osborne. É sobre o encontro com Deus que fala o livro e filme “A cabana”, mas sobretudo, o perdão. O livro foi lançado em 2007 e tem a autoria de William P. Young. Após 10 anos, é lançado o filme sob a direção de Stuart Hazeldine.

A culpa é a paralisação dos nossos sentidos e ações. Buscar o perdão é uma atitude de encontro consigo. Temos necessidade de perdoar a quem nos fez mal. Mas temos, principalmente, a necessidade de perdoar a nós mesmos. Mack perde sua filha de forma trágica: ao que tudo indica, um assassinato cometido por um maníaco sexual. A trama se desenrola no momento em que Mack retorna à cabana onde foi encontrado o vestido sujo de sangue da filha e lá aparecem Deus, figurativizado numa mulher negra, Jesus, um jovem judeu e o Espírito Santo, uma jovem asiática.

Fé e religião. Fé ou religião. A religião só existe por causa da fé. Mas a fé não existe só dentro da religião. O filme é uma espécie de contemplação. Imagens bonitas, permeadas de natureza exuberante, bem como o figurino e a maquiagem dos atores, discutem questões polêmicas sobre a existência de Deus, a sacramentalidade dentro da religião cristã, a trindade santa, a morte, as dúvidas, os conflitos humanos, as incertezas, o desamparo e a busca do essencial: o amor, a família, a paz na conquista da esperança. Esta é a última palavra que define o filme: esperança. Ela se concretiza quando encontramos o perdão. O ser humano é um ser de falhas. O pecado invade sua vida. Mas como falar de pecado? Numa visão punitiva, amedrontadora, ou como característica do processo evolutivo de todo homem na Terra?

Por isso o título do texto está em primeira pessoa: fui à Cabana encontrar o perdão. Na trama quem vai é Mack, mas essa busca acontece todos os dias. E o que é a cabana?

Anúncios