holidays-1885555_1920

No ano passado, mais ou menos na mesma época eu escrevi um texto com o mesmo título só que fazendo um balanço de 2015 e pensando no que viria para 2016. Achei legal a iniciativa e repito-a. Acredito que fazermos um balanço do que foi um ano é muito positivo e já preparar o próximo, melhor ainda.

Em 2016, no meu plano pessoal, dediquei bastante ao canal Intertexto Passos no YouTube, à escrita aqui no blog e às leituras, li bastante. Nos estudos, sigo com a saga do Doutorado e com a Letras, agora fazendo a parte do Inglês, termino em breve.

O Brasil vive uma crise ideológica e política – é preciso falar. Para 2017, temos que ter os pés no chão em se tratando de economia e o que pretendo, o meu objetivo primordial é alavancar na escrita da tese.

2016 foi um ano meio que mais do mesmo. Nenhuma novidade empolgante, mas para alguns pontos foi decisivo. No plano da perspectiva de 2017, pretendo colocar em prática aquilo que em outro texto eu chamei de Ministério da Palavra. É preciso refletirmos por meio dela e buscarmos o alicerce de nossa fé na palavra divina e também na humana, no entrosamento, na amizade, na fé que se desperta e se vive no cotidiano. Há muita gente sofrendo no mundo e nós que podemos, um pouquinho que seja, temos que levar o alento a todas elas. Por isso desde já fica aqui à minha disponibilidade em sempre ouvir. Quero ouvir mais do que falar. E você quais suas metas e planos para 2017?

Anúncios