“…em consequência da inferioridade moral dos seus habitantes.”

Este trecho está no prefácio das preces pelos obsidiados no Capítulo 28, do Evangelho Segundo o Espiritismo, item 81. Dando continuidade aos textos aqui publicados sobre a Doutrina Espírita, falaremos hoje sobre a obsessão e, principalmente, sobre a companhia dos espíritos.

hintergrund-800

Obsessão é o termo usado no Espiritismo quando uma pessoa sofre a influência de um mau espírito. Há vários níveis de obsessão, desde a obsessão simples até complexa ou fascinação e subjugação.

O propósito aqui não é falar dos tipos, mas sim de como somos o tempo todo acompanhados de espíritos. Acredite se quiser. Podemos estar em companhia dos maus quanto dos bons. Quem define isso é a vibração do nosso pensamento

Neste comentário de Kardec, há uma constatação de que a Terra ainda é lugar onde vagam espíritos muito inferiores e maus. Mas o codificador acrescenta que é devido à inferioridade moral dos seus habitantes. Por isso, devemos nos elevar. Pensar coisas boas, praticar boas ações, evitar lugares ruins. As pessoas ruins que nos acompanham no dia a dia, estas são difíceis de evitar, pois muitas vezes, em relações de trabalho e na vida social, não escolhemos com quem conviver. Devemos, contudo, diariamente, fazermos preces para não captarmos as energias destes tipos de espírito.

Estamos o tempo todo cercados de espíritos ruins, mas eles só encontrarão acesso em nós caso estejamos acessíveis a eles. O Espiritismo não condena, nem julga. Esclarece, todavia, através da lei de ação e reação, causa e efeito, consequência dos nossos atos. E por isso, devemos, como espíritas ou evangélicos (no sentido amplo de praticantes do Evangelho e não como denominação religiosa), nos esforçarmos e sermos responsáveis por aquilo que praticamos, falamos, pensamos. Outro dever nosso é cuidar do nosso próximo e acima de tudo “fazer a ele o que gostaríamos que nos fosse feito” e, sem dúvida, “amar a Deus sobre todas as coisas”. Segundo o Cristo, esta é a Lei os profetas. Se a seguirmos os maus espíritos que pululam a Terra não encontrarão lugar em nossas almas, mentes e corações.