cartaz II festival criança no teatro

Estreou ontem a segunda edição do Festival Criança no Teatro, uma realização da Associação de Desenvolvimento Cultural (ADESC Regional), promovida pelo diretor Maurílio Romão. Até domingo, dia 19, o Teatro Rotary recebe quatro espetáculos direcionados ao público infantil.

No sentido de despertar o interesse das crianças e jovens pela arte, o evento vem contemplar a necessidade de formar um novo público apreciador e consumidor de cultura. De acordo com o regente da Trupe Ventania de Teatro, mais que uma oportunidade de entretenimento, o Festival quer abrir caminhos para a reafirmação da arte como formadora de cidadãos críticos, sensíveis e agentes práticos dentro da nossa sociedade.

“A meta que temos em relação ao Festival Criança no Teatro é construir as primeiras pontes, oferecer as primeiras experiências da criança com o universo mágico das artes cênicas. No ano passado já conseguimos romper algumas barreiras e colocar dentro do teatro um público que, se não fosse pela oportunidade do evento, não chegariam perto de conhecê-lo. Foi o primeiro contato e o encantamento das peças apresentadas surtiu um efeito muito positivo. Pra este ano queremos ir além. Quero acreditar que vamos formatar novos hábitos e inserir a programação artística na rotina destas crianças e jovens, cativando-os de forma saudável e eficaz. Mesmo que o poder público não colabore e não esteja interessado em ofertar arte e cultura à população, vamos, novamente, fazer o Festival sem recursos. Este projeto é muito importante para a formação social, cognitivo e educacional das nossas crianças”, defende Romão.

A Trupe Ventania, ainda pela turnê do “Cena Minas”, abre o cronograma apresentando a premiada peça “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, baseada em livro homônimo de Jorge Amado, publicado em 1976, que conta um romance proibido e aponta os preconceitos sociais de origem antiga, mas até hoje vigentes.

gato

Em sessão dupla, nesta sexta-feira, será a vez do grupo de Conselheiro Lafaiete tomar conta do palco com o espetáculo “Um Rato Diferente” às 15h e às 20. Artistas de Ubá e de Araguari apresentarão, respectivamente, as peças: “E Quem Quiser que Conte Outra” e “BrakabanBrakabun e lá lálá… A reunião secreta dos bruxos”, no sábado e domingo, também às 15h e às 20h.

rato

uba

As peças em cartaz têm censura livre e, segundo Maurílio Romão, são todas de natureza lúdica, didática e educativa. “São espetáculos fortemente baseados na atenção visual para dialogar facilmente com as crianças. Claro que sem prejudicar a qualidade cênica e a riqueza de detalhes estéticos. Os grupos de Lafaiete, de Araguari e Ubá são premiados e se dispuseram a vir participar conosco do Festival. Eles estão ansiosos e nós mais ainda. Ter em casa artistas de fora é um grande prazer e uma grande responsabilidade. Espero que a cidade possa vir prestigiar o trabalho deles, trocar experiências, e, principalmente, trazer as crianças para aproveitarem a oportunidade”.

Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente no Café Teatro Chaleira, que fica no hall do próprio Teatro Rotary, em funcionamento das 13h às 22h. Mais detalhes podem ser encontrados na página oficial da Trupe Ventania na rede social Facebook disponível no endereço: https://www.facebook.com/pages/Trupe-Ventania/290073657804702.

Textos e fotos: Divulgação Trupe Ventania

bruxa