Recebo no final de 2013 um grande presente: a consolidação de nossas ações de teatro que temos realizado com a mensagem espírita e acima de tudo com o Evangelho. A primeira encenação aconteceu em Outubro de 2013 dentro do Encontro de Mocidades Espíritas, realizado no Cáritas, em Passos – MG. Intitulada: “Revolucionários da Luz: Um encontro daqueles que promovem a paz”, a esquete apresentou diversas personalidades que trabalharam em prol do amor, da paz, da revolução de mentes e corações em busca do bem. Além de Jesus Cristo, é claro, foram retratados: Moisés, Gandhi, Joana D’Arc, a menina Malala, Paulo de Tarso, Martín Lutero, Martin Luther King e Mandela.

Agora em Dezembro foi a vez de “Amigo: porque fora da caridade não há salvação”, encenando a passagem bíblica “Eu tive fome e não me destes de comer…”, a pequena peça mostra a necessidade de encontrarmos Cristo em nossos irmãos e de buscarmos fazer o bem sem olhar a quem, pois quando o fazemos é a Jesus que estamos entregando nossos atos. Essa peça foi encenada no Hospital Otto Krakauer, durante a visita das casas espíritas de Passos no dia 21 de dezembro.

Trabalhar com o teatro é meta antiga. Agora estamos conseguindo concretizar algumas ações que começaram simples e que vão perdurar a cada dia, buscando a paz e procurando levar a mensagem do Cristo por meio da arte. Agradeço à Lázara, companheira da Casa Espírita Monsenhor João Pedro que tanto acreditou e acredita nesse ideal. Ela escreveu o texto desta última peça e sempre se empenhou para que o sonho se tornasse realidade.

Participaram da peça: Élcio Soares, Élder Soares, André Luís Rachid de Oliveira, Lázara Melo, Adriano Melo, Frangíe Kallás, Flávia Vieira Lago, Lidiane Helena e Taís Moreira.

Teatro Revolucionários da Luz
Teatro Revolucionários da Luz

 

Teatro: Amigo, porque fora da caridade não há salvação - Foto: Tânia Joele.
Teatro: Amigo, porque fora da caridade não há salvação – Foto: Tânia Joele.
Anúncios