Danilo Vizibeli

Do Blog Jovem Jornalista

Conectar é a palavra do momento. ON ou OFF? É a pergunta proposta em um curta-metragem de Deivison Pedroza muito famoso na internet. É claro que às vezes é preciso se desligar, mas a internet tem também sua função social e ficar conectado é uma boa alternativa para manter a comunicação ainda mais ativa e interagir com o mundo inteiro.

Muito se fala em Geração Y, a qual é formada por pessoas nascidas da década de 90 pra cá e que já nasceram permeadas pelas inovações da tecnologia. Mas e quem não teve esse contato tão cedo e que precisa se conectar? É hora de aprender! As estatísticas mostram que a cada dia cresce o número de pessoas na terceira idade que possuem ótimas habilidades e desenvoltura com o uso das NTICs (Novas Tecnologias da Comunicação e Informação).

E aí quer aprender? É nessa hora que aparece na região de Passos uma professora diferente. Bianca Rezende de Oliveira é professora de informática, mas com o público-alvo focado na terceira idade.

19-05-11_1715

Aos 23 anos, ela mora em Itaú de Minas e na região de Passos ela tem sua clientela: as chamadas “vovós on-lines”. Famosa na rede, essa expressão ganhou mais visibilidade com a blogueira Vovó Neuza que mantém seu blog  (http://vovoneuza.blogspot.com.br) ativo há mais de 5 anos.

Bianca conta como surgiu a ideia: “Sempre me dei bem com senhoras. Elas gostam de conversar e aprender. Como a maioria dos filhos destas senhoras não têm muito tempo ou falta um pouquinho de didática e experiência para ensinar, elas acabam procurando um professor de informática. Foi assim que comecei a divulgar esse serviço em jornais e nas redes sociais e tem dado muito certo”.

Entre uma aula e outra, sempre sobra um tempinho para um bate-papo, uma conversa e Bianca acaba sendo, além de professora, uma amiga que compartilha muitas vivências.

Além de ser instrutora de informática ela é formada em técnico em Segurança do Trabalho e atua nas horas vagas em um bufê de festas e eventos.

Sobre o perfil das alunas, já que a maioria é do sexo feminino Bianca diz ser bem heterogêneo e que a procura tende a crescer enfocando também o público masculino. “Minhas alunas são bem diferentes uma das outras. Algumas têm raiva de esquecer algum conteúdo aprendido e acaba me ligando falando que esqueceu tudo. Muitas vezes anoto dicas e sempre tento mostrar que o uso da tecnologia pode ser prazeroso e não é nenhum bicho de sete cabeças. Elas gostam de aprender a navegar no famoso Facebook, antes era o Orkut e o MSN. Outras gostam de aprender a usar o Microsoft Word para passar as cartas que escreveram ao percorrer da vida”.

E o mundo já quebrou preconceito de que a internet é coisa de jovem? Os idosos também estão na “onda” da Internet? Bianca diz que hoje o preconceito é muito pequeno. “Aquela famosa frase ‘Burro velho não aprende marcha’ não existe mais e está fora de moda. Realmente, hoje em dia só não aprende quem não quer ou não tem força de vontade!”

Sobre a acessibilidade do serviço a professora oferece pacotes bem bacanas, num precinho bem camarada. E muitos alunos ainda aproveitam a net para fazer amizades e principalmente os solteiros, veem nas salas de chat ou bate-papo um interesse muito grande. “Muitos me dizem que quando entra esquecem de tudo no dia e acabam fazendo muita amizade durante o  momento que está navegando na internet”, conta a professora.

Mais do que diversão ou lazer, interação e inovação a serviço de todos. Aprender a usar as tecnologias desenvolve capacidades cognitivas, ativa a memória e ainda, segundo alguns especialistas, pode ajudar a retardar o envelhecimento precoce e afastar doenças degenerativas como o Alzheimer. Por isso se quer clicar e navegar: ela coloca você na rede.

Para contato: 9162 0086 ou pelo e-mail: tstbianca@hotmail.com

Anúncios