Por Rodrigo Castanho*
 
Nos dias 23, 24 e 25, cerca de 80 pessoas, entre alunos, professores, freis e coordenadores da Educafro Minas, se reuniram na Unidade do Programa Municipal da Juventude Santa Maria – Recriança em Poços de Caldas, onde foi realizado o Encontro de Núcleos dos cursinhos pré-vestibulares filiados a Educafro Minas.
 
educafro encontro de nucleos poços 2013

Na sexta-feira (23) houve a sessão Pipoca com a exibição do filme ‘Daens’. Já no sábado com a chegada dos núcleos restantes, às 9h foram discutidos vários temas com os participantes como: ‘Trajetória dos Movimentos Sociais no Brasil’ com o professor Diego Andrade, ‘Movimentos sociais e contexto brasileiro de 2013’ com o professor Hudson Luís, também foi explicado e discutido sobre o Plebiscito ICMS com André Araújo da UNIFAL. Encerrando a manhã, o militante do Movimento dos Trabalhadores rurais Sem Terra – MST, Demes Nunes da Mota ministrou uma palestra sobre os problemas e os malefícios que os agrotóxicos fazem com a terra e as doenças causadas pelo uso desse veneno nos alimentos. Demes também esclareceu aos presentes sobre algumas questões da terra no Brasil.

Após o almoço, os participantes saíram às ruas e fizeram panfletagens, com a população de Poços de Caldas. De casa em casa, alunos, professores e coordenadores, conversavam com moradores explicando-os sobre o Plebiscito ICMS que acontecerá em Outubro deste mesmo ano, em prol de buscar assinaturas com o intuito de fazer com que o Governo de Minas diminua o ICMS, que é Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços, das contas de energia elétrica. Segundo Tiago Mafra, professor e coordenador do núcleo Laudelina de Campos Melo de Poços de Caldas, ‘ a energia cobrada pela CEMIG em Minas é a mais cara do Brasil, pois o Governo Mineiro PSDBista, cobra uma alta taxa de impostos, o ICMS que pode chegar a 40% do valor da conta, que na verdade são repassados a empresas acionistas da CEMIG, com isso o dinheiro cobrado não é usado em manutenção da rede e o serviço fica sempre precário’, explica Tiago.

Ao anoitecer, foi feito o passeio cultural no centro da cidade que é economicamente baseada no turismo e conta com vários pontos turísticos, com lugares agradáveis de visitar.
No domingo às 9h houve um debate mediado pelo professor Diney Lennon com o tema: ‘O porquê da Reforma Política’, no qual ele pode esclarecer sobre o financiamento de campanha pública entre outros. Logo após, foi feita a avaliação do encontro por coordenadores e alunos dos núcleos que puderam analisar os pontos positivos e negativos.

Marcio Carvalho, educador de história do núcleo Décio Andrade de Passos, disse que ‘ o encontro foi bastante produtivo, pois trouxe temas atuais para reflexão, houve troca de experiências, e pudemos conhecer a realidade de cada núcleo, além da socialização entre as pessoas sejam elas coordenadores, professores e alunos dos núcleos”, conclui Marcio.

Para o frei Junio Fernando Marques Diretor da Educafro – Sede, ‘ o encontro fez assessorias bem politizadas, com pessoas bem envolvidas na militância política, que ajudaram com muita segurança e propriedade. A partir disso faremos uma conscientização, levaremos o que foi discutido aqui para prática, levando para os núcleos e reproduzindo nas aulas’, disse frei Junio.

Finalizando o encontro às 13h após o almoço, os núcleos pegaram a estrada rumo suas casas. Agora é esperarmos até o próximo encontro que será realizado em novembro na região Metropolitana de Belo Horizonte.

*Rodrigo Castanho é Jornalista, ex-aluno e voluntário do Núcleo Dércio Andrade – Passos/MG

Anúncios