encontro 1

A EDUCAFRO MINAS e o Núcleo Dércio Andrade (NDA) realizaram nos dias 27 e 28 de abril de 2013 o VIII Encontro de Práticas de Cultura e Cidadania que contou com a participação dos núcleos de Passos, Belo Horizonte, Betim, Governador Valadares e Poços de Caldas. O evento teve como espaço o CAPP – Centro de Aprendizagem Pró-Menor de Passos – com o apoio importantíssimo dos Irmãos de São Gabriel.

O encontro teve início às 8h com um café e na sequência foi realizado um interessante momento de espiritualidade mediado pela professora Marli Ferreira onde foram trabalhados os 4 elementos da natureza. Todos em roda no campo tiveram a oportunidade de sentir os 4 elementos em um momento de grande paz de espírito.

As palestras e atividades gerais do evento foram abertas com uma apresentação geral do Frei Júnio Marques, diretor da EDUCAFRO MINAS e da secretária Andrea Rodrigues sobre os novos trabalhos que vêm sendo executados na rede. Depois foi a vez do professor de Literatura e Redação do NDA, Danilo Vizibeli, falar sobre o projeto de Comunicação num workshop com exemplos de atividades e orientações para os coordenadores, professores, alunos e demais voluntários.

O palestrante João Pio, de Belo Horizonte, trouxe ao encontro o debate acerca das cotas. O tema geral foi a Lei 12.711 que dispõe que as “instituições federais de educação superior vinculadas ao Ministério da Educação reservarão, em cada concurso seletivo para ingresso nos cursos de graduação, por curso e turno, no mínimo 50% (cinquenta por cento) de suas vagas para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas”. “O debate foi tão bom e oportuno que se estendeu ainda na primeira metade da tarde. Temas como a Universidade ainda ter uma lógica medieval, elitista e excludente, a inserção das camadas populares no ensino superior a as novas leis de acesso aos alunos de escola pública geraram debates, reflexões e o que se viu é que é de suma importância a continuidade deste debate não somente nos encontros, mas no cotidiano dos Cursinhos”, enfatizou o professor de História e Geografia do NDA e assistente da coordenação Márcio Carvalho.

No decorrer da tarde aconteceu o passeio cultural. O ônibus de Belo Horizonte levou os participantes para um passeio pela cidade de Passos, visitando a Capela da Penha, a casa das Irmãs Caetano, e o Santuário da Penha. Uma aula viva de História, Geografia, Matemática entre outras, pelo rico acervo guardado nestes locais.

O jovem a participação política e cidadã

 

Na manhã de domingo todos tiveram o prazer de assistir a uma mesa composta por três jovens que trouxeram o tema “o jovem e a participação política”. Os ministrantes Miguel, Dialon e Pedro conseguiram de maneira objetiva tocar em pontos tão importantes para o estímulo e incentivo da participação do jovem de forma critica e cidadã.

Muitas metas, avaliações sobre os pontos fortes e fracos do encontro foram traçados e descritos e a coordenação do Núcleo Dércio Andrade, ficou satisfeita com os resultados. “Acreditamos que foi um gás de energia e novos desafios para levarmos adiante durante o ano. O Núcleo de Passos precisava desse encontro de seres que se dedicam à proposta de interligar a Cultura e a Cidadania no combate a todo tipo de exclusão, opressão e preconceitos. Queremos minimizar e por que não acabar, com as minorias e as desigualdades que assolam nosso povo e coloca as camadas pobres fora do cenário político, do poder e da autonomia. Nosso movimento é em prol dessa causa e o encontro debateu e mostrou que estamos nos caminho certo”, disseram os coordenadores do NDA Marli Aparecida Ferreira Soares e Clóvis Vilela Marques.

Anúncios